Meu Brinquedo Preferido

“(…) Lars von Trier meets Toy Story. Vaitománocú!”

– Rey “Ooze” Jr., autor do Áureos

“(…)ele cria experiências minuciosamente tecidas, com uma perícia artesanal digna de obras de arte. ‪#‎MeuBrinquedoPreferido‬ é uma pequena jóia, arte lúdica que eu não sei se admiro ou se brinco com ela. Vou acabar fazendo os dois!”

– Livia von Sucro

“(…)um dos jogos de RPG mais bonitos já lançados no Brasil, tanto em relação a produção como na temática e design de regras.

– Rafael Rocha, Área Cinza e Secular Games

“(…)trata-se de uma peça gráfica quase “rústica”. E eu tomo bastante cuidado ao dizer isso. Pois apesar das imperfeições intrínsecas à forma que foi produzido, em nada quer dizer que seja algo malfeito. Muito pelo contrário, é possível notar que houve muito cuidado e carinho por parte do Autor/Diagramador/Editor.

– Vinícius Rennó

 

Comprar (versão “Zine”)

Era uma vez…

Este RPG surgiu como uma forma de manifesto / metáfora metalingüística sobre o que eu acredito ser os benefícios intrínsecos, latentes e subjetivos que o próprios jogos de RPG podem proporcionar. Ao distanciar a percepção para outro contexto (onde uma criança passa saudáveis momentos se divertindo com seus brinquedos, aprendendo sobre o mundo em situações lúdicas), tentei evidenciar essa dialética entre os dois passatempos.

Desta forma, este jogo é uma homenagem e uma justificativa do motivo pelo qual me mantenho até hoje – e sempre – um entusiasta do hobbie.

Mais do que tentar oferecer mecânicas ou abordagens alternativas e exóticas, meu objetivo último é passar esta mensagem. Este jogo é uma alegoria a nossa própria condição. Vamos continuar apoiando e desenvolvendo o RPG brasileiro. Ele oferece engrandecimentos que vão além da nossa capacidade de percebê-los…

Introdução

Você já ouviu dizer que a Imaginação não tem limites, certo?

Mas em se tratando de crianças, essa máxima é pouco.  Para algumas delas a diferença entre o Real e o Imaginário é quase inexistente. Através das brincadeiras, elas aprendem sobre o mundo. Ao projetar seus medos, inseguranças e frustrações em situações lúdicas, elas exercitam e aprendem meios de vencê-los e superá-los.

Se o RPG é uma forma de Faz-de-Conta, então Meu Brinquedo Preferido pode ser considerado uma forma de metalinguagem. Pois aqui você vai voltar aos nostálgicos tempos de quando era pequeno.  Vai ser divertido e emocionante. Uma espécie de Infância Consciente.

Este é um jogo para adultos. Para que eles possam revisitar traços de suas infâncias e até quem sabe aprender sobre si mesmos em uma possível viagem de auto-descoberta.

Sobre o que é este jogo?

Meu Brinquedo Preferidoé uma metáfora sobre o processo de amadurecimento de uma criança ao desconstruir seus Medos através de situações lúdicas, auxiliada por traços de qualidades ainda latentes da sua personalidade, projetadas na figura de seus Brinquedos.

Através de uma Narrativa Colaborativa, você contará histórias de aventuras psicológicas no Mundo Imaginário infantil, encarnando o papel destes Brinquedos Preferidos, auxiliando esta criança em seu aprendizado sobre o mundo real que o cerca.

Um RPG de aventura psicológica?

A fim de justificar o motivo de ser do sistema e de suas mecânicas, vale esclarecer a percepção psicológica por trás da situação in game das histórias a serem contadas durantes as sessões:

O Universo do jogo se passa sob um certo ponto de vista em uma espécie de Mundo Egocêntrico. O Dono, Os Brinquedos e o Mundo Imaginário são apenas diferentes aspectos psicológicos de uma mesma entidade, a Criança.

Sendo assim, tomemos como partido conceitual, que a mesa de jogo seja uma representação estilizada de sua mente:

O Moderador no papel do cerne de sua individualidade; os jogadores como aspectos variados dos potenciais latentes de sua personalidade; a mesa como seu cérebro, sendo suporte para as Conexões Cognitivas necessárias para a racionalização e superação de seus Medos – neste caso, representadas pela utilização dos dominós como metáfora para estas conexões.

Mas não se assuste. Apesar de a base conceitual do jogo ser aparentemente muito subjetiva, as histórias se passarão como em qualquer sessão de jogo normal, cheia de aventuras e desafios, vilões e clímax! Dê-me um voto de confiança e continue sua leitura…

Quer conhecer a versão do concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos da Secular de 2011?

Faça o DOWNLOAD: CLIQUE AQUI

Ou confira online pelo Scribd:

Este jogo foi desenvolvido para o Concurso: Faça Você Mesmo de Criação de Jogos da Secular Games no curto espaço de tempo de duas semanas. O arquivo que segue anexo, é exatamente o mesmo enviado para o arquivo, portanto ele tem a qualidade gráfica e editorial possível a mim neste tempo. Neste momento, uma versão atualizada, testada e revisada está sendo desenvolvida.

2 Respostas para “Meu Brinquedo Preferido

  1. Olá, estou com dificuldades de baixar este jogo. Fantástica ideia e gostaria de compartilhar com meu grupo. Poderia mandar para meu email?

    • Olá Rafael!

      Que bom que se interessou pelo Meu Brinquedo! =D
      Esse esquema do scribd realmente não é bom, eu vou alterar isso agora! =D

      Esse arquivo que estou enviando por e-mail, é o último editado, e o que foi pro concurso. Eu ainda não publiquei nenhuma alteração, mas isso está nos planos pra breve. Rolou um playetest, e pequenas alterações serão feitas.

      Se jogar e testar, ficaria imensamente grato se me desse um feedback do jogo! =D
      E certamente creditaria seu grupo no campo dos playtesters!

      A próxima versão deve sair através do minha página no Patreon, não sei se está sabendo:
      http://www.patreon.com/eduardocaetano

      Outros jogos sairão por lá também!

      Grande Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s